Quais os benefícios dos frutos da época?

Fibra Alimentar – A sua importância e como incluir na sua alimentação

Maio 3, 2022

Um artigo produzido para a Revista Maria

Não faz muito tempo que a espera pela primavera e pelo verão parecia eterna, não só para aproveitar o bom tempo das estações, mas também pelas frutas deliciosas que estas épocas reservam. Apesar disso, com o avanço das tecnologias, hoje esta espera é (quase) uma nostalgia.

Facilmente encontramos quase todo o tipo de frutas durante todo o ano, mesmo que estejam fora de época. Apesar de ser um ponto positivo por contribuir com a variedade alimentar, o consumo de alimentos da época continua a ser uma recomendação dos profissionais de saúde e, aliás, não faltam motivos para isso! Confira:

  • As frutas, quando são consumidas dentro da sua época normal de produção, contêm mais nutrientes;
  • Frutas da estação são, por norma, mais baratas porque estão a ser produzidos em maior escala e quando a oferta é grande os valores tendem a diminuir;
  • Consumir frutas da época também é sinónimo de contribuir para a preservação do meio ambiente porque evita importações e grandes viagens do campo à mesa;
  • Por fim, mas não menos importante, este consumo consciente ainda colabora com a economia local e nacional. Se puder deixar as compras dos hortofrutícolas para os pequenos produtores, ainda melhor!

Para facilitar as boas escolhas, conheça abaixo algumas frutas que podem fazer parte da rotina durante os três próximos meses e ajudar a colorir a rotina:

Comer fruta diariamente contribui para um consumo adequado de fibras, vitaminas e minerais. Ajuda o bom funcionamento dos intestinos e deve fazer parte de uma alimentação saudável e equilibrada. Entretanto, existem algumas dúvidas frequentes, como “qual é a quantidade ideal que deve ser consumida” ou “se todas as frutas são a mesma coisa”, ou seja, se são equivalentes em termos nutricionais.

Respondendo à primeira questão frequentemente colocada em consultório, a Organização Mundial da Saúde, recomenda o consumo de 400g de hortofrutícolas por dia, o que se traduz em aproximadamente 5 porções diárias, como 3 peças de frutas e 2 porções legumes e verduras, uma ao almoço e outra ao jantar, por exemplo.

Sobre a segunda questão, não. As frutas não são todas iguais. Dentro das frutas, existem variadas características, quer em termos de nutrientes, quer em termos calóricos.

Algumas das frutas da primavera têm algumas vantagens extras além das citadas acima, em particular, para quem está a tentar fazer as pazes com a balança e perder algum peso antes do verão.

Além de nutritivas, estas frutas possuem muita água e baixo teor calórico, o que contribui para aliviar o calor, ajudar na hidratação e, ainda, auxiliar o processo de emagrecimento, desde que faça parte de uma rotina saudável, com alimentação equilibrada, sono adequado e atividade física regular.

No caso dos alimentos, “baixo valor calórico” significa possuir menos do que 40kcal por 100g de alimento, neste caso, de fruta. Das frutas primaveris, estão dentro desta classificação o melão, a meloa, o morango e os frutos vermelhos (mirtilos, amoras e framboesas), por exemplo.

Por isso, não lhe faltam motivos para desfrutar do melhor da estação com poupança, consciência ambiental e econômica e sempre sem descuidar do que há de mais precioso na vida: a sua saúde!

Boa primavera!

Ver o VÍDEO


Diet Academy

Marcar Consulta

Newsletter!

Inscreva-se já e receba todas as novidades que temos para si.

Success message!
Warning message!
Error message!