Como priorizar a saúde antes, durante e depois da época festiva?

Fibra Alimentar – A sua importância e como incluir na sua alimentação

Dezembro 23, 2021

Um artigo produzido para a Revista Activa

Dezembro é o fim de um ciclo de 12 meses e todos os anos existem pessoas que decidem esperar por janeiro para iniciar uma nova fase que pode não chegar e fazer com que essa promessa se estenda por anos. Afinal, são convívios no trabalho, com os amigos, com a família… claro que os excessos são facilitados, mas, embora muitos vejam dezembro como uma época difícil para controlar o peso, algumas estratégias podem ser colocadas em prática para atravessar a época festiva sem qualquer problema – ou quilos a mais.

O segredo está em planear os eventos desde antes das festas até o dia a seguir. Confira algumas dicas para aproveitar ao máximo todos os convívios, sem abdicar dos seus objetivos.

Antes

1. Defina metas exequíveis e sem extremismos.

É um período de festa e, apesar de não dever colocar os objetivos de parte, fazer cobranças exageradas consigo, principalmente nesta fase, não ajudará em nada.

2. Faça um cronograma.

Destacar dias desafiantes num calendário é um exercício que deixará evidente que existem mais dias “livres” do que potenciais “obstáculos sociais” que podem atrapalhar. Ter isso visível ajuda a perceber que cumprir com os objetivos é mais fácil do que parece.

No mesmo calendário, aponte os dias planeados para a atividade física. Apesar de ser um período agitado, não deixe que isso atrapalhe as idas ao ginásio ou as caminhadas, mesmo que isso implique em reduzir o tempo de atividade física. Fazer algo é sempre melhor do que não fazer nada.

Faça com que 80% do tempo seja composto por uma alimentação equilibrada em qualidade e quantidade. Não facilite somente porque é um mês de festas.

3. Não evite a balança, mas não se pese todos os dias.

Subir à balança diariamente pode ser problemático para quem quer ou está a emagrecer. No entanto, controlar o peso durante este período, como uma vez por semana, é uma mais-valia para orientar e estimular a adesão a comportamentos saudáveis.

4. Divulgue e estimule as prendas saudáveis.

Encontre substitutos para chocolates e bebidas alcoólicas. Diga às pessoas que prefere ganhar prendas que não envolvam comida e faça o mesmo pelos seus: uma sessão de massagem, uma mensalidade no ginásio, roupas de desporto, livros, etc. são ótimas alternativas.

Durante

1.Coma normalmente no dia do evento.

Saltar refeições favorece chegar com fome à consoada e dificulta as boas escolhas e o controlo das quantidades.

2. Evite o consumo de sumos e refrigerantes durante a noite.

Para poupar calorias, recorra às versões sem açúcar se necessário.

3. Beba água.

Manter-se hidratado controla a quantidade de comida consumida, além de prevenir de uma possível ressaca no dia a seguir.

4. Vista algo confortável, mas nem tanto.

Quem nunca teve que desapertar o botão das calças? Apesar de engraçado e de quase todos terem uma experiência destas, comer até este ponto nunca deve ser o objetivo. Usar roupas mais justas – mas nada de peças apertadas – na zona da barriga pode auxiliar na perceção da saciedade.

5. Eleja o prato e sobremesa preferidos e fique por aí.

Não é preciso comer todas as opções disponíveis. Sopa, salada e legumes devem ser prioridade. Depois, evite exagerar no azeite. Por mais saudável que seja, o azeite é uma gordura e o macronutriente mais calórico de todos: são 9kcal por grama. Uma colher de sopa de azeite corresponde a 108kcal.

6. Não coma por pressão, mesmo que insistam.

Oferecer comida remete a cuidado e mimo. Não leve a mal, mas não diga que sim contra a sua vontade. Se ainda assim tiver dificuldade em dizer não, leve um pedaço para casa e depois ofereça a outra pessoa.

7. Não fique muito tempo à mesa ou com tentações à vista

Como chocolates, queijos e castanhas. Ter comida disponível favorece petiscos que podem somar calorias extra: 43kcal por fatia de presunto, 156kcal por fatia de queijo Serra da Estrela, 105kcal por 5 castanhas ou 73kcal por bombom Ferrero Rocher.

Depois

Lembra-se do calendário?

1. Aponte as conquistas e dificuldades em cada um dos dias.

Esta estratégia ajuda a perceber melhor quais atitudes devem ser alteradas ou mantidas.

2. Retome a atividade física assim que possível

Mesmo no período entre o Natal e a passagem de ano.

3. Faça planos para orientar as sobras.

Não é preciso estender a ementa por uma semana só para não desperdiçar. Existem formas de evitar o desperdício e sem comprometer os seus objetivos, como dividir a comida pelos convidados, congelar pequenas porções e preparar receitas saudáveis com bacalhau desfiado, como omeletes ou um “Brás” adaptado (sem batata e com legumes).

4. E, por fim, aproveite a magia e a alegria da época na sua melhor versão e guarde estas dicas para garantir que o seu “eu ideal” será protagonista durante este período. Afinal, o Natal e a passagem de ano só ocupam três dias no calendário e mesmo que as festas ocupem mais alguns, dezembro é um mês com 31 dias e ainda existe um ano, aliás, uma vida para perpetuar boas escolhas e rotinas, só é preciso começar. Boas festas!

Ver o VÍDEO


Diet Academy

Marcar Consulta

Newsletter!

Inscreva-se já e receba todas as novidades que temos para si.

Success message!
Warning message!
Error message!